Mnemônicos?


“Estudar, estudar, estudar”. Quem nunca ouviu este conselho de um profissional bem sucedido na carreira jurídica? O estudo é a alma do negócio, é o segredo (que todos conhecem) do sucesso.


À primeira vista, a afirmação é categoricamente simples. Engana-se. Ela não é tão simples assim.


É verdade que a maioria, para não dizer todos os estudantes, já se deparou com sérias dificuldades em assimilar a matéria recém-estudada. Dizem, até mesmo, que se esquece, logo após o estudo, de mais de sessenta por cento de toda a informação coletada (para ser sincero, já cheguei a esquecer de tudo). É um dado alarmante e desesperador para quem se prepara para concurso público. Como então reduzir a taxa de esquecimento aqui referida? O processo mnemônico é uma boa alternativa. Não é uma fórmula mágica, mas, sem dúvida, facilita na hora do decoreba (infelizmente é o que se cobra numa fase objetiva).


O processo mnemônico consiste, do ponto de vista de um concurseiro,  numa técnica de potencialização da memória, no sentido de auxiliar no armazenamento e resgate, de forma organizada e ágil, no subconsciente, da maior quantidade de informações úteis e indispensáveis à boa realização de uma tarefa. Em termos simples, nada mais é do que o melhor amigo do estudo.


Este tópico servirá para a exposição de alguns mnemônicos já batidos e outros criados por mim (vocês saberão quando) e por amigos dedicados, também, ao concurso público. Peço, encarecidamente, a vocês uma contribuição para expandir o quadro de macetes, sem medo de concorrência, pois é inquestionável que “uma mão lava a outra” e que também “cada um de nós precisa apenas de uma vaga”.

Links:
MNEMÔNICOS DE DIREITO ADMINISTRATIVO
MNEMÔNICOS DE DIREITO CIVIL
MNEMÔNICOS DE DIREITO CONSTITUCIONAL - 1
MNEMÔNICOS DE DIREITO CONSTITUCIONAL - 2
MNEMÔNICOS DE DIREITO CONSTITUCIONAL - 3
MNEMÔNICOS DE DIREITO PENAL


7 comentários:

  1. Muito útil! Numa aula com o professor Alessandro Ferraz ele nos ensinou um mnemônico para o Art. 3º da CF/88. Tem que abstrair um pouco mas funciona!
    Depois que se formou seu sonho era ser Procurador Geral da República no Ceará (PGRCE).
    IV-(P)romover o bem de todos, sem preconceitos...
    II-(G)arantir o desenvolvimento nacional;
    III-...(R)eduzir as desigualdades sociais e regionais;
    I-(C)onstruir uma sociedade livre, justa e solidária;
    III-(E)rradicar a pobreza e a marginalização...

    Demanda uma certa abstração, mas comigo funcionou muito bem.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela colaboração. Ótimo mnemônico.

    ResponderExcluir
  3. insira aí o mneumonico da LODF:inciso VI: dos objetivos da LODF: Vejam: LA ia SESAMO TRABALHAR no TRANSPORTE BAHIA SA (OBS. os dois ultimos inverte-se:
    LA: Lazer; SE; segurança publica; SA: Saúde; MO: Moradia; TRABALHAR: Trabalho; SA+BA: Saneamento Básico
    Por: José Alves
    Parabéns pelo blog!!!

    ResponderExcluir
  4. meu guru!
    dê uma dica de como assimilar (decorar!) as competências do CN, SF, CD.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala, meu amigo!
      Eu tenho um material bacaninha (esquema) sobre as competências do CN, SF e CD.
      Vou providenciar uma postagem o quanto antes (até domingo) para auxiliar no decoreba, porém já adianto que não se trata de uma fórmula mágica, mas já é um empurrãozinho ou pelo menos um gatilho para a memória. Beleza?
      Abraço

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...